Autorais, Textos

Meu Coração Ansioso

Em meados de 2015, eu ansiava por ver ou ler algo que me prendesse a mente em relação a forma de me sentir quanto a ela. A depressão. Foi quando encontrei, por acaso, navegando na internet, fotos e textos da americana Katie Joy Crawford que me chamaram muito a atenção. Ela falava sobre o assunto de uma forma muito simples e acolhedora para mim. Era tudo o que eu precisava ver naquele momento.

Em seu blog pessoal, Katie conta a sua batalha contra a depressão junto com a ansiedade e eu me interessei de uma foma muito grande sobre a vida desta menina. Na época, descobri que ela tinha apenas 23 anos, era estudante de fotografia e morava em Baton Rouge, em Louisiana, época em que eu morava em New Orleans, no mesmo estado do que ela. Fui em uma busca por encontrá-la e descobri seu blog e Instagram.

De alguma forma, eu ansiava ter algum tipo de contato, já que morávamos tão perto uma da outra. Essa aproximação não chegou a acontecer de verdade. Vi que ela era noiva e ia se casar, época em que eu era recém-casada e havia acabado de me mudar para os Estados Unidos. Acho que ela estava tentando reestabelecer todas as áreas de sua vida. Enfim, foi uma descoberta legal para mim.

No dia 8 de abril de 2016, My Anxious Heart foi publicado. Como sinopse, dizia que estas 12 imagens, acompanhadas por escritas pessoais foram a interpretação pessoal de Katie a partir de sua guerra contra a ansiedade. Este livro pode ser usado como um recurso para ajudar outras pessoas a entender a ansiedade e a lidar com ela.

41pDBM1WWoL

Este livro pode ser adquirido pelo site Amazon por $25.

Frases de Katie:

“Através deste trabalho, eu estou interpretando visualmente minha própria jornada emocional e física para que os outros possam ser capazes de compreender esse peso que tantos carregam em nossa sociedade. Os sintomas físicos da doença, tais como coração acelerado, tonturas e falta de ar, muitas vezes passam desapercebidos ou são mal interpretados por aqueles que nunca sofreram de ansiedade. Embora os sintomas físicos constituem em uma grande parte da desordem, o lado emocional é extremamente difícil de lidar. Ansiedade impede que o doente assuma novos riscos, explore novas idéias e saia de sua zona de conforto.”

“Isso se tornou uma experiência catártica para mim, que levou à cura e autoconhecimento enormes. Quero que aqueles que sofrem sintam que têm uma voz e uma mão para segurar. Não quero que ninguém se sinta sozinho nunca, já que ansiedade e a depressão podem fazer com que a pessoa se isole”.

Abaixo, seguem as 12 fotos e a descrição de cada uma delas segundo Katie.

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-2“Eles continuam repetindo que eu devo respirar. Posso sentir meu peito se movendo para cima e para baixo. Para cima e para baixo. Para cima e para baixo. Mas por quê sinto como se estivesse sufocando? Coloco a mão debaixo do meu nariz, certificando-me de que há ar. Ainda assim, não consigo respirar”.

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-1

“Eu tinha medo de dormir. Eu senti o pânico mais bruto na escuridão plena. Na verdade, escuridão completa não era assustadora. Era o pouco de luz que projetava uma sombra — uma sombra aterrorizante”

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-3

“Uma prisioneira de minha própria mente. A instigadora dos meus próprios pensamentos. Quanto mais eu penso, pior fica. Quanto menos eu penso, pior fica. Respire. Apenas respire. Derive. Isso vai aliviar em breve”.

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-4

“Cortes tão profundos que parecem que nunca vão se curar. Dor tão real, é quase insuportável. Eu me tornei isso… este corte, essa ferida. Tudo o que sei é a mesma dor, respiração afiada, olhos vazios, com as mãos trêmulas. Se é tão doloroso, por quê deixá-la continuar? A menos que… talvez seja tudo que você saiba”.

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-5

“Você foi criada para mim e por mim. Você foi criada para minha reclusão. Você foi criada na defesa venenosa. Você é feita de medo e de mentiras. Medo de promessas não correspondidas e de perder a confiança tão raramente dada. Você foi formando toda a minha vida. Mais forte e mais forte”.

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-6

“Não importa o quanto eu resista, sempre estará aqui desesperada para me segurar, me cobrir, me quebrar. Todo dia eu luto contra isso. ‘Você não é boa o suficiente para mim e nunca será’. Mas lá está ela, esperando por mim quando eu acordar e pronta para me segurar enquanto eu durmo. Ela tira o meu fôlego. Ela me deixa sem palavras”.

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-7

“Eu tenho medo de viver e eu tenho medo de morrer. Que maneira de existir!”

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-8

“É estranho — na boca do seu estômago. É como quando você está nadando e você quer colocar os pés para baixo, mas a água é mais funda do que você pensou. Você não pode tocar o fundo e seu coração pára de bater”.

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-9

“Minha cabeça está enchendo com hélio. O foco está desaparecendo. Uma decisão tão pequena para tomar. Uma pergunta tão fácil de responder. Minha mente não está deixando. É como mil circuitos atravessando ao mesmo tempo”.

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-10

“Um copo de água não é pesado. É quase sem sentido quando você tem que escolher um. Mas e se você não pudesse esvaziá-lo? E se você tivesse que suportar seu peso por dias, meses, anos? O peso não muda, mas a carga sim. Em um certo ponto, você não consegue se lembrar como a luz costumava parecer. Às vezes, leva tudo em você e fingir que não está lá. E, às vezes, você apenas tem que deixá-lo cair”.

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-11

“Sensação de dormência. Que contraditório. Quão apropriado. Você pode realmente se sentir dormente? Ou é a incapacidade de sentir? Estou tão acostumada a me sentir dormente que eu comparo com um sentimento real?”

 

awebic-ensaio-ansiedade-depressao-12

“Depressão é quando você não consegue sentir nada. Ansiedade é quando você sente tudo demais. Sentir os dois é uma guerra constante dentro da sua mente. Sentir os dois significa nunca ganhar”.

 

Por fim, guardei aquela história profunda dentro de mim e tentei seguir a vida também com a minha depressão e ansiedade. Depois de alguns anos, ao voltar para o Brasil e deixando os Estados Unidos após 2 anos, ainda continuo enfrentando essas mesmas doenças, porém de uma forma diferente. Desde aquela época, em 2015, eu queria construir um site para poder escrever sobre meus sentimentos e sobre tudo o que eu pensava, mas achava que não era o momento e eu não me sentia preparada ainda. Vejo que hoje em dia posso retratá-las com muito mais clareza e compreensão.

Atualmente, resolvi procurar por Katie novamente para poder contar sobre sua história e um pouco da minha, ambas lidando com as mesmas doenças, depressão e ansiedade. Com as minhas buscas, descobri que ela aparenta estar bem melhor e até se casou! Ela também fez um novo blog, no qual o seu objetivo agora é diferente. Ela busca repaginar sua vida e conta como faz isso passo a passo. Estou muito curiosa em ler sobre ela e a sua nova etapa!

 

CONTINUA…

Um comentário em “Meu Coração Ansioso”

  1. Infelizmente as pessoas subestimam o quanto esses problemas podem ser incapacitantes. Fazer o que se os monstros são discretos? Gostei particularmente das imagens 5 (prisão mental, a pior de todas) e sete (medo da vida e da morte). Refletem bem o que eu sentia(às vezes ainda sinto) nas crises.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s